SEJA BEM VINDO! RR ADVOCACIA
O Brasil está em Luto pela Vítimas de Brumadinho. Que Deus de forças as Famílias. Esperamos pela Justiça!
Assistir a uma injustiça e nada fazer para a impedir, faz de você tão culpado como quem a comete.
Estamos em LUTO!

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao acompanhamento do seu processo.

Notícias

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,86 3,86
EURO 4,32 4,32

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .

Saiu na Mídia: magistrados paulistas falam sobre temas de destaque nacional

Justiça Eleitoral e mídias sociais foram assuntos abordados.           Nesta semana, magistrados paulistas foram entrevistados sobre dois temas que ganharam relevância na imprensa nacional nos últimos tempos: julgamentos na Justiça Eleitoral e uso das mídias sociais pelos juízes. A coluna “Direto da Fonte - Sonia Racy”, do jornal “O Estado de S. Paulo”, abordou hoje (17) o julgamento de crimes comuns associados a caixa 2 pela Justiça Eleitoral. “A legislação é a mesma”, disse o presidente do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), desembargador Carlos Eduardo Cauduro Padin, ao ressaltar que, assim como na Justiça Federal, a Eleitoral se valerá do Código do Processo Penal em inquéritos e ações que envolvam, por exemplo, corrupção e lavagem de dinheiro. O magistrado falou, ainda, de procedimentos legais e de inquéritos decorrentes da Lava Jato que estão sob responsabilidade do TRE paulista. Acesse o conteúdo da coluna.         Já o “Jornal da Cultura”, nesta quinta-feira (16), tratou do uso de redes sociais por magistrados. Entrevistado, o juiz assessor da Presidência Leandro Galluzzi dos Santos falou sobre o tema: “Como a carreira, em geral, pede que o juiz seja discreto, a gente se mantém distante das redes sociais”. Na sequência, o presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), juiz substituto em 2º grau Jayme Martins de Oliveira Neto, também foi entrevistado: “Nós temos uma preocupação, de um lado, com os riscos que a rede apresenta, por outro, em resguardar o direito de expressão da Magistratura”. Assista ao vídeo da reportagem.                    imprensatj@tjsp.jus.br
17/05/2019 (00:00)
Visitas no site:  509019
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.